Domingo, 26 de Setembro de 2021
23°

Poucas nuvens

Nazária - PI

Esportes Neymar

Neymar desfalcou o PSG em 46,7% dos jogos desde que chegou

Pela sétima vez desde que está na Europa, atacante tem problema na coxa esquerda, região mais atingida; veja

13/02/2021 às 09h00
Por: Redação
Compartilhe:
Neymar desfalcou o PSG em 46,7% dos jogos desde que chegou

infográfico com todas as lesões e motivos que o deixaram fora das partidas

A nova lesão de Neymar acontece mais uma vez em um momento importante para o Paris Saint-Germain na temporada, às vésperas do início das oitavas de final da Liga dos Campeões. Desde que o craque brasileiro chegou ao clube, em 2017, ele esteve presente em apenas 53,3% dos jogos oficiais. A maior parte das ausências foi justamente por problemas médicos do tipo.

O PSG confirmou nesta quinta-feira que Neymar sofreu uma lesão muscular na coxa esquerda, durante o confronto contra o Caen pela Copa da França, e ficará fora de ação por cerca de quatro semanas. Com isso, perderá o jogo de ida contra o Barcelona pelas oitavas de final da Champions League, na próxima terça-feira.

– A tristeza é grande, a dor é imensa e o choro é constante. Mais uma vez pararei por um tempo de fazer o que eu mais amo na vida que é jogar futebol. Às vezes eu me sinto incomodado pelo meu estilo de jogo, por eu driblar e acabar apanhando constantemente, não sei se o problema sou eu ou que faço em campo... isso realmente me entristece – declarou Neymar, em publicação nas redes sociais.

— Foto: Infoesporte/ge.globo

O atacante brasileiro esteve presente em apenas 18 dos 32 jogos do time na atual temporada. As ausências foram principalmente no Campeonato Francês, disputando 11 das 24 rodadas possíveis até o momento.

Neymar foi apresentado pelo PSG em agosto de 2017, em grande evento no estádio Parc des Princes. Desde que ele chegou, o time francês disputou 193 jogos oficiais. Mas o atacante brasileiro só esteve presente em 103 deles, ou seja, cerca de 53,3%.

Obviamente, nem todas as 90 ausências de Neymar dos compromissos do Paris Saint-Germain foram por lesão. Ao longo dos anos, o jogador já foi poupado por opção da comissão técnica, suspenso por expulsão ou acúmulo de cartões, testou positivo para Covid-19, e esteve distante com a seleção brasileira. Mas de acordo com levantamentos independentes do ge, do Le Parisien e do L'Equipe, as lesões representaram pelo menos 71,1% desses desfalques.

Foi no PSG onde Neymar sofreu as lesões mais graves de sua carreira (veja o infográfico mais acima), exatamente na mesma região. Em fevereiro de 2018, uma fratura no quinto metatarso do pé direito deixaria o craque fora de 18 jogos pelo clube. Menos de um ano depois, a mesma lesão o impediu de entrar em campo mais uma vez em 18 partidas.

Recentemente, porém, a coxa esquerda parece ser o grande problema físico do atacante. Em um ano e meio, esta é a terceira vez que Neymar precisa ficar fora de ação por dores na região, tendo sido desfalque em seis jogos em outubro de 2019 e outros três jogos um ano depois. Agora, uma lesão no local voltou a tirar o astro de campo, a princípio por um mês.

A nova lesão acontece novamente no início do mata-mata da Champions. Na primeira temporada pelo Paris Saint-Germain (2017/18), ele perdeu o jogo de volta das oitavas de final contra o Real Madrid, por causa de uma lesão no metatarso do pé direito. No ano seguinte, mais um problema na mesma região, e Neymar desfalcou o time nas duas partidas contra o Manchester United.

Na temporada passada, o atacante esteve em boas condições e foi decisivo para eliminar o Borussia Dortmund, e assim espantar o fantasma de queda nas oitavas. O PSG chegou na decisão da última Champions League, mas perdeu na final para o Bayern de Munique.

– Falei com Neymar depois de seus exames. Ele já tinha deixado claro com está triste por não poder ajudar o time nos próximos jogos. Iremos fazer tudo que podemos para tê-lo de volta o mais rápido possível e assegurar que ele está bem do ponto de vista mental. Ele é um rapaz muito forte, alguém a quem você se apega, que dá tudo pelo time. Todo dia ele mostra seu comprometimento com o clube – comentou o técnico Mauricio Pochettino na sexta-feira, após a confirmação da nova lesão de Neymar.

Neymar tinha até aqui 13 gols e quatro assistências nos 18 jogos pelo PSG em 2020/21. Na comparação com as outras temporadas, é a que ele menos balançou as redes até esta altura do ano. Nas outras três, o craque já tinha 15 gols nas primeiras 18 partidas.

De acordo com o "L'Equipe", Neymar vai ser submetido a intenso tratamento médico nas próximas duas semanas. Na terceira, é possível que ele já possa fazer exercícios físicos no gramado e trabalhar com bola para, na quarta semana, ser reintegrado aos treinos com o elenco. O jogo de volta contra o Barcelona está marcado para o dia 10 de março.

Com informação: Globoesporte.globo.com

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias